Estamos ON
COVID-19_ARSN
Estamos_ON
Vacinacao
previous arrow
next arrow

Requalificação de Equipamentos

Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN) requalifica equipamentos com vista à instalação da Unidade de Saúde do Cerco

 

– (USF Novo Sentido) –

 

A Unidade de Saúde Familiar “Novo Sentido”, até agora a funcionar em instalações exíguas e de acessibilidade desadequadas ao fim a que se destinam, nomeadamente no que respeita a pessoas de mobilidade reduzida ou portadoras de deficiência motora permanente, vai poder, a breve prazo, ser transferida para as novas instalações, tendo em conta a assunção do compromisso financeiro assumido pelo Governo e no dia 18 do corrente publicado em Diário da República (ver Anúncio de Procedimento).

 

A assunção deste compromisso resulta da celebração de um protocolo, outrora celebrado entre esta ARS e a Câmara Municipal do Porto e que tinha por principais objetivos:

  1. Dotar a população de referência (USF “Novo Sentido” e antiga Extensão de Saúde do Ilhéu – 14.000 utentes, aproximadamente), bem como os profissionais que na mesma vão desenvolver a sua atividade, com um equipamento que, para além de moderno, humanizado e devidamente equipado, pudesse responder às reais necessidades;

 

  1. Transformar parte das instalações abandonadas da antiga Escola do Básica e Secundária do Cerco e contribuir, assim, para a qualificação da zona oriental da cidade do Porto.

 

O investimento calculado (remodelação do edifício e equipamento) é da ordem dos 1.500.000,00€, sendo que, deste, 85% vai ser obtido através do Programa Operacional Regional do Norte (Norte 2020) e o restante, do Orçamento Geral do Estado.

 

De acordo com o projeto aprovado, as futuras instalações vão compreender: dois módulos – um de Saúde Familiar (com 9 gabinetes médicos, 3 gabinetes de enfermagem, 2 salas de tratamento, 2 gabinetes de vacinas e injetáveis e 4 gabinetes de Saúde Materna/Infantil) e outro que será destinado a Cuidados na Comunidade (com 3 gabinetes médicos, 1 polivalente e 1 de enfermagem).

 

Com esta decisão, o Conselho Diretivo desta ARS não só dá mais um passo para a concretização da Carta de Equipamentos de Saúde da cidade do Porto, como vem acentuar a melhoria da prestação de cuidados, numa cidade onde quase todos os inscritos têm a sua Equipa de Saúde Familiar.

 

A conclusão da obra está prevista para final de 2018.

Voltar
RSE - Area Cidadão