Destaques

 10 Anos Juntos Na Construção Da Segurança


O ACeS Porto Ocidental organizou o evento, intitulado “10 Anos Juntos Na Construção Da Segurança”, no dia 17 de janeiro de 2020.
Para tal foi convidado o Presidente da ARS Norte que se fez representar pelo Dr. Bernardo Vilas Boas, que teceu algumas considerações sobre o projeto piloto em que está envolvido, relativo à autonomia dos ACeS, em que estão implicados os ACeS Porto Oriental e Póvoa Vila do Conde e em que o ACeS Porto Ocidental é um dos contrapontos.

Para uma mesa moderada pela Dra. Emília Peneda, da CQS e intitulada Qualidade e Segurança na ARS Norte e no ACeS Porto Ocidental foi convidada a Dra. Elsa Ramos, Coordenadora da Área Funcional da Qualidade desta ARS, que apresentou um resumo das várias atividades da responsabilidade da AFQ, dando uma ideia da dimensão do trabalho, a nível da Qualidade, que a ARS Norte realiza com os ACeS, através da cooperação com as CQS.

A Dra. Assunção Varela, Presidente da CQS deste ACeS, fez uma análise do trabalho realizado nesta área nestes 10 anos.

A Dra. Maria José Ribas, Presidente do Conselho Clínico e de Saúde, fez uma apresentação muito interessante, pedagógica e criativa, intitulada Segurança na nuvem com os pés na terra, sobre segurança informática.

A Enf. Cristina Madureira e a Dra. Vânia Andrade moderaram uma mesa sobre Segurança do Utente nos CSP que se revelou muito dinâmica, prática e divertida e que teve a colaboração de um Médico de Família (Nuno Capela), de um Enfermeiro de Família (Hélder Silva) e de um Secretário Clínico (Paulo Santos).

A moderar o tema Locais de Trabalho (In)Seguros, a Dra. Andresa Piedade, Vogal do CCS e elemento da CQS, contou com a presença das Dras. Ermelinda Pinheiro e Marta Pereira, Técnicas de Saúde Ambiental e colaboradoras da CQS, da Dra. Rita Teresinha Nunes, Fisioterapeuta e com os Drs. Maria João Gonçalves e Rodrigo Costa, Internos de MGF, que, sob diferentes perspetivas e de forma diversa, interessante e prática, abordaram esta temática tão importante para Utentes e Profissionais.

O último tema, Prevenção da Violência contra os Profissionais, contou com a Enf. Manuela Mendes, Vogal do CCS e elemento da CQS, como moderadora de uma mesa constituída pela Dra. Ana Gonçalves, Responsável do Gabinete do Cidadão e elemento da CQS, pela Dra. Mariana Sant’Ana, que participa num projeto piloto relacionado com esta área e em articulação com o C. H. do Porto e com a formadora Dra. Cláudia Teles que ilustrou esta última sessão com partilha de ferramentas a utilizar pelos Profissionais e com muita animação.

A Enf. Carla Ferraz, Diretora Executiva e a Dra. Maria José Ribas, PCCS, encerraram o evento com umas breves palavras, “ficando no ar” o desejo de mais encontros assim…

 10 Anos de Qualidade na Saúde – Conferência Internacional

(Programa)

É com muita satisfação que a AFQ vem informar que as Unidades de Saúde Familiar Alpendorada, Anta, Ao Encontro da Saúde, Arões, do Mar, Fafe Sentinela, Freamunde, Gualtar, Joane, Manuel Rocha Peixoto, Nova Salus, Novos Rumos,  Ponte, Ronfe, S. Miguel e Terras de Santa Maria,  concluíram, com sucesso, o seu processo de Acreditação, no âmbito do Modelo de Certificação ACSA Internacional, adotado pelo Ministério da Saúde, para as Instituições do SNS.

Informa, ainda, que as USF Physis e S. João do Sobrado concluíram, com sucesso, o seu processo de Reacreditação pelo Modelo referido.

A Acreditação de Unidades de Saúde apresenta-se como uma das principais prioridades estratégicas do Ministério da Saúde e desta ARS Norte, estando coerente com a Estratégia Nacional para a Qualidade na Saúde e com as ferramentas e normas de gestão clínica e organizacional que têm vindo a ser desenvolvidas para o SNS.

Felicitamos todas as Unidades por este reconhecimento oficial e público e agradecemos o empenho de todas as Equipas envolvidas neste processo de melhoria contínua. Este percurso deve-se ao esforço e motivação de todos os Profissionais que participaram neste projeto, à sua persistência, à complementaridade de funções em torno de objetivos comuns, potenciando a melhoria continua organizacional e fortalecendo a confiança dos cidadãos nas respetivas instituições.

Promover/ garantir a Qualidade, a melhoria contínua dos serviços de saúde e a segurança dos Utentes, é um imperativo de todos os que dedicam a sua vida profissional ao serviço público, aos cidadãos que os procuram para receber cuidados de saúde integrados e seguros, de que necessitam e aos quais têm direito.

 1º Encontro da Qualidade da ARS Norte

Programa

A Área Funcional da Formação e Desenvolvimento e a Área Funcional da Qualidade organizaram o 1º Encontro da Qualidade da ARS Norte, dirigido particularmente às Comissões da Qualidade e Segurança e seus colaboradores dos 21 ACeS da Região Norte.

Este Encontro teve lugar em Esposende, no Auditório Municipal, no dia 14 de novembro, Dia Mundial da Qualidade. A colaboração do ACeS Barcelos/ Esposende e da Câmara Municipal de Esposende foi absolutamente inexcedível.

O programa (acima) respondeu a várias questões com as quais os Profissionais lidam no exercício das suas funções, no âmbito da Melhoria Contínua da Qualidade dos serviços a prestar.

O Encontro constituiu também uma oportunidade de convívio entre todos os que se interessam por esta temática.

Temos Encontro marcado para 12 de novembro de 2020, Dia Mundial da Qualidade, no ACeS Tâmega II – Vale de Sousa Sul!

Apresentações:

Enf. Adriana Taveira

Enf. Carlos Esteves

Enf. Edite Brito

Dra Elsa Ramos

Dra Maria José Ribas

 Prémio de Boas Práticas em Saúde, APDH, 13ª edição

O Prémio de Boas Práticas em Saúde® é promovido desde 2006 pela APDH e tem por objetivo potenciar o nível de saúde das populações e atender às necessidades e expetativas dos cidadãos. Distingue e galardoa trabalhos de profissionais de saúde de entidades e  contribui para a melhoria das boas práticas em saúde.

13ª edição decorreu no dia 21 de novembro de 2019 no Auditório do edifício-sede da Polícia Judiciária, em Lisboa. Os prémios atribuídos nesta edição centraram-se na temática da “Universalidade e Sustentabilidade”, com foco em subtemas como o acesso face a grupos vulneráveis e de risco, o acesso face à multiculturalidade, serviços de saúde resilientes e práticas de governação para a sustentabilidade.

A Região Norte teve 4 projetos nomeados para melhor projeto, dos 10 selecionados, para a fase final. O prémio de Melhor Projeto foi ganho pelo “Patient Blood Management em Cirurgia Cardíaca”, do CHVNGaia/ Espinho, EPE. A Menção Honrosa foi para o “Projeto C.A.S.O. – Centro de Apoio à Saúde Oral, Mundo a Sorrir”, da Associação de Médicos Dentistas Solidários Portugueses.

O prémio de Melhor Poster foi concedido a “Gestão do percurso do utente com doença aguda/agudização da doença crónica”, das Enfermeiras Adriana Taveira e Edite Brito do ACeS Cávado III Barcelos/Esposende.

A ARS Norte tem assumido um forte compromisso com a realização deste prémio.  Divulgar aquilo que se faz bem, na expectativa de que o conhecimento decorrente destes prémios estimule outras entidades a desenvolverem ações semelhantes, já por si é uma mais valia para o desempenho do sistema de saúde.

A ARS Norte continuará a colaborar nesta excelente iniciativa que tanto beneficia as instituições de saúde, os profissionais e também os nossos utentes.

REUNIÕes TRIMESTRAis 2020 DA ÁREA FUNCIONAL DA QUALIDADE COM AS COMISSÕES DA QUALIDADE E SEGURANÇA Dos ACeS

A primeira reunião de 2020 teve lugar em 2 de julho de 2020, através da plataforma MS Teams.

Refletiu-se sobre as dificuldades relacionadas com os Relatórios de Atividades 2019 e o Plano de Ação de 2020 das CQS, foram dadas informações sobre o Plano de Ação (que inclui o Plano de Formação) da AFQ e reforçou-se o compromisso de apoio das CQS às Unidades em processo Acreditação 

A próxima reunião terá lugar em 10 de setembro de 2020, quinta-feira, entre as 10 e as 12 h e será organizada também através da plataforma MS Teams. 

 Reunião do Departamento da Qualidade na Saúde da DGS com as CQS da ARSN

Esta reunião realizou-se em 2 de dezembro no Auditório da ULS Matosinhos.

A Sra. Enf. Virna Ustá apresentou os principais resultados da monitorização da Qualidade e Segurança baseada nos dados obtidos através dos Relatórios de Atividades referentes a 2018 das várias CQS do país. Alguns dos dados foram apresentados com a evolução nacional ao longo dos anos, por vezes com distinção entre os dados dos Cuidados de Saúde Secundários (CSS) e os dos CSP, outras vezes apenas com dados hospitalares e outras ainda com distinção entre dados dos CSS e dos CSP, mas sem destrinça entre as diversas ARS. Os dados assim apresentados não proporcionam uma análise adequada do trabalho realizado na ARS Norte.

O Prof. Válter Fonseca dedicou-se ao modelo de governação da ENQS e solicitou contributos para a futura Estratégia a todas as CQS. Na reunião trimestral de 5 de dezembro da AFQ com as CQS foi decidida a integração dos contributos das várias CQS dos ACeS e da AFQ e o envio em conjunto até 31 de março.

 Avaliação da Cultura de Segurança em Cuidados de Saúde Primários

Foram divulgados os resultados nacionais relativos à Avaliação da Cultura de Segurança em Cuidados de Saúde Primários. Uma vez mais, os profissionais da ARS Norte responderam em maior percentagem. Muito obrigada pela colaboração.

Eis as taxas de adesão ao questionário por ACeS/ ULS:

Instituição Taxa de Adesão
ACeS do Tâmega III – Vale do Sousa Norte 92,4
ACeS Tâmega II – Vale de Sousa Sul 89,8
ACeS Entre Douro e Vouga II-Aveiro Norte 72,7
ACeS Cávado III – Barcelos/Esposende 69,8
ACeS Alto Trás-os-Montes II- Alto Tâmega e Barroso 66,6
ACeS Entre Douro e Vouga I 64,6
ACeS Cávado II – Gerês/Cabreira 64
ACeS Grande Porto III – Maia/Valongo 63,2
ACeS Cávado I – Braga 56,7
ACeS Douro II- Douro Sul 56,5
ACeS Grande Porto I 56,1
ACeS Alto Ave – Guimarães/Vizela/Terras de Basto 54,8
ACeS AVE – Famalicão 54,1
ACeS Grande Porto V – Porto Ocidental 53,2
ACeS Grande Porto IV – Povoa de Varzim/Vila do Conde 48,6
ACeS Grande Porto II – Gondomar 40,5
ACeS Grande Porto VII – Gaia 33,8
ACeS Grande Porto VI – Porto Oriental 31,7
ACeS Tâmega I – Baixo Tâmega 30
ACeS Douro I – Marão e Douro Norte 28,6
ACeS Grande Porto VIII – Espinho/Gaia 19,3
Unidade Local de Saúde do Alto Minho 7,8
Unidade Local de Saúde de Matosinhos 30,7
Unidade Local de Saúde do Nordeste 49,3
 Nacional 34,1
 ARS Norte 49,1
 ARS Norte sem ULS 54,6
 RA Açores 42,1
 ARS Algarve 30,7
 ARS Centro 28,3
 ARS Lisboa Vale do Tejo 20
 ARS Alentejo 19,9

Eis o número de respostas completas obtidas por ACeS/ ULS:

Instituição Nº de respostas completas
ACeS Tâmega II – Vale de Sousa Sul 388
ACeS Alto Ave – Guimarães/Vizela/Terras de Basto 377
ACeS Grande Porto III – Maia/Valongo 321
ACeS do Tâmega III – Vale do Sousa Norte 318
ACeS Grande Porto V – Porto Ocidental 268
ACeS Cávado I – Braga 266
ACeS Cávado III – Barcelos/Esposende 254
ACeS Entre Douro e Vouga I 248
ACeS Alto Trás-os-Montes II- Alto Tâmega e Barroso 247
ACeS Cávado II – Gerês/Cabreira 203
ACeS Entre Douro e Vouga II-Aveiro Norte 189
ACeS Grande Porto IV – Povoa de Varzim/Vila do Conde 177
ACeS Tâmega I – Baixo Tâmega 173
ACeS AVE – Famalicão 170
ACeS Grande Porto I 165
ACeS Grande Porto II – Gondomar 162
ACeS Douro II- Douro Sul 152
ACeS Douro I – Marão e Douro Norte 130
ACeS Grande Porto VII – Gaia 120
ACeS Grande Porto VI – Porto Oriental 105
ACeS Grande Porto VIII – Espinho/Gaia 72
Unidade Local de Saúde do Alto Minho 57
Unidade Local de Saúde de Matosinhos 149
Unidade Local de Saúde do Nordeste 299

A AFQ fez a análise do resultados e das recomendações relativas aos ACeS e este tema será alvo do trabalho conjunto na reunião trimestral da AFQ com as 21 Comissões da Qualidade e Segurança.

Voltar
RSE - Area Cidadão
sit commodo consequat. libero neque. adipiscing elit. non quis consectetur vel, dolor.