previous arrow
next arrow
Slider

CD da ARS Norte, efetua visita a unidades em construção no âmbito dos CSP

Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte, efetua visita a unidades em construção no âmbito dos Cuidados de Saúde Primários

Com o objetivo de se inteirar da forma como os trabalhos de construção de novas Unidades de Saúde (US) da área Metropolitana do Porto e se os prazos previstos para a conclusão das mesmas estão a ser cumpridos, o Conselho Diretivo (CD) da ARS Norte, acompanhado por uma equipa técnica, deslocou-se, no dia 20 do corrente, a vários locais onde estão a ser construídas de raiz novas unidades e obras de requalificação geral na US da Batalha.

Com exceção a US da Batalha que, na presença de aspetos relacionados com a estrutura que inicialmente não estavam previstos e que, detetados no decurso dos trabalhos, teriam que ser muito bem ponderados, todas as demais – Santiago do Bougado (Trofa), Baguim do Monte (Gondomar), Campo (Valongo), Vilar de Andorinho (Vila Nova de Gaia) e Ramalde (Porto), esta cuja construção está a cargo da Câmara Municipal do Porto, fruto de um protocolo celebrado entre esta ARS e o Município – estão a seguir o ritmo normal de modo a que a sua conclusão venha a acontecer dentro do prazo estipulado para o efeito.

De referir que as novas instalações de Vilar de Andorinho, Baguim do Monte e Nuno Grande (Vila Real) devem ser colocadas ao serviço, quer dos profissionais, quer dos utentes nas mesmas inscritas, já no final do mês de maio, próximo.

Para além destas instalações, estão igualmente previstas – na maior parte já a decorrer e, noutras, até concluídas – obras de adaptação, beneficiação e requalificação nas seguintes: Amorosa (Guimarães); Lustosa (Lousada); Senhora da Graça (Mondim de Basto); Aborim (Barcelos); Tadim, Sequeira e Ruães e Centro de Resposta Integradas (Braga), Monte Crasto; Unidade de Saúde Pública (Gondomar); Pinhão (Régua); Terras do Românico, Feira Nova e Livração (Marco de Canaveses); Ribeirão e Antonina e US Urbana (V.N. Famalicão); Souselo (Cinfães); Três Rios, Lordelo e Vale do Sousa (Penafiel); Milheirós de Poiares, Chave, Escapães e Nogueira da Regedoura (Santa Maria da Feira); US de Canedo (Feira); Sequeade, Fragoso e Silveiros (Barcelos); Nespereira (Cinfães), do mesmo modo que está em fase de lançamento de concurso de adjudicação da obra de construção da US do Cerco (Porto).

Todo este investimento tive o seu início em 2016 e o orçamento calculado foi da ordem de 8.350.000, 00€.

Ver notícia no JN

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Voltar
Area Cidadão