previous arrow
next arrow
Slider

Alargamento da resposta para a área da Saúde Mental

Ministérios da Saúde e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social celebram protocolo com a Associação de Familiares, Amigos e Utentes do Hospital Magalhães Lemos (AFUA)

Respondendo a uma necessidade de há vários anos sentida e manifestada pelas populações, o Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, continua a alargar a resposta na área da Saúde Mental, no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), contratualizando com a Associação de Familiares, Utentes e Amigos do Hospital Magalhães Lemos (AFUA) 30 lugares em Unidade Sócio Ocupacional, satisfazendo, assim, o compromisso assumido junto dos portugueses e constante do Programa do atual Governo.

A preocupação com as pessoas enquanto objetivo de as tratar na comunidade, procurando a sua integração na sociedade e a preparação para uma vida autónoma e independente são propósitos fundamentais destes cuidados que, como atrás referimos, desde há anos anunciados e, agora, concretizados.

Com a assinatura do documento mencionado, a Região de Saúde do Norte, passou a contar já com um total de 117 lugares devidamente protocolados e em atividade (Saúde Mental), nas seguintes tipologias:
24 – Residência Máxima
55 – Sócio Ocupacional
14 – Residência Autónoma
6 – Treino Autónomo na Infância e Adolescência
10 – Sócio Ocupacional na Infância e Adolescência
8 – Doentes, seguidos diariamente, por Equipa de Apoio no Domicílio

A assinatura do documento referido teve lugar, ontem, nos serviços da Sede desta ARS.

Voltar
Area Cidadão